Clique na imagem para ver a versão impressa

Clique aqui para ver edições anteriores

 
Pesquise em nossos arquivos:
Greve acaba nos privados, continua na Caixa

Acabou a greve nos bancos privados em Niterói e Região, mas a paralisação continua na Caixa Econômica Federal. Empregados do Banco do Brasil decidiram voltar ao trabalho nesta sexta-feira, dia 9, apesar de terem rejeitado a proposta do banco.

Nesta sexta-feira, haverá assembleia da Caixa Econômica às 17h e do Banco do Brasil às 18h, ambas na futura sede do Sindicato (Rua Evaristo da Veiga, 37, Centro de Niterói, ao lado do Liceu Nilo Peçanha).

> Receba as notícias da campanha salarial no celular.
> Acompanhe as notícias da campanha no Twitter.
> Comunique-se com o Sindicato no Orkut.
> Assista a vídeos dos bancários no Youtube.
> Veja fotos da campanha no Picasa.

A assembleia reuniu cerca de 250 bancários e acabou quase às 21h, após três votaçôes. Os bancários dos bancos privados receberam um cartão branco para votar, quando chegavam à assembleia e apresentavam carteira funcional. Os funcionários do Banco do Brasil receberam um cartão amarelo para votar. Os empregados da Caixa Econômica votaram com um cartão azul.

Votação apertada no BB e negociação sem avanços na Caixa

Na votação do Banco do Brasil, o fim da greve foi decidido por 18 votos a favor e 17 contra. Na votação em que a proposta foi rejeitada, o placar também foi apertado.

A negociação específica da Caixa Econômica realizada hoje não apresentou avanços. A empresa praticamente apenas reafirmou os pontos da proposta apresentada aos trabalhadores na negociação anterior, de 1º de outubro. De novo, só aumentou o número de funcionários que serão contratados em 2010: de 2.300 para 3 mil.

Veja a proposta conquistada após 15 dias de greve

> Reajuste: 6% (aumento real de 1,5%)
> PLR: 90% do salário + R$ 1.024 fixos, com teto de
R$ 6.680. O valor pode ser majorado até que seja distribuído pelo menos 5% do lucro líquido, podendo chegar a até 2,2 salários, com teto de R$ 14.696
> Adicional da PLR: 2% do lucro líquido distribuído de forma linear a todos os trabalhadores, com teto de R$ 2.100. Esse percentual está garantido tenha o lucro crescido ou não
> Tíquete-refeição: R$ 16,88 / dia
> Cesta-Alimentação R$ 289,31 / mês
> 13ª Cesta-Alimentação R$ 289,31
> Auxílio-Creche/Babá R$ 207,95 / mês
> Pisos (após 90 dias de empresa):
- Portaria: R$ 748,59
- Escritório: R$ 1.074,46
- Caixa: R$ 1.501,49
Mais um emprego devolvido no HSBC - [19.12.2014]

Câmara e Senado aprovam MP com reajuste de 6,5% na tabela de IR- [19.12.2014]

Acordo judicial com HSBC obtém bancarização dos empregados da Losango- [19.12.2014]

Pesquisa comprova relação entre trabalho bancário e adoecimento- [18.12.2014]

TJ-MG condena Bradesco a indenizar cliente vítima de "saidinha de banco"- [18.12.2014]

Nova direção do Sindicato toma posse - [16.12.2014]

Emprego devolvido no HSBC- [15.12.2014]

Mulheres da CUT repudiam violência e exigem cassação de Bolsonaro- [15.12.2014]

Bancários do Bradesco discutem organização para avançar em 2015- [15.12.2014]

Contraf-CUT assina acordo aditivo e PPRS do Santander com avanços- [09.12.2014]


1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 |    Próximo


Sindicato dos Bancários de Niterói e Região
Rua Maestro Felício Toledo, 495-S/Loja
Centro - Niterói - RJ - Caixa Postal: 100655
Telefone: 2717-2157
Receba informações grátis por celular e e-mail

Nome:
E-mail: Nº Celular

Consulte online o seu processo de forma fácil e rápida.

Consulte agora




 

© Todos os direitos reservados ao Sindicato dos Bancários de Niterói e Região